Catas Altas pequena cidade com três secúlos de exitência, sobrevie em sua rotina do dia a dia, onde seus poucos mais de 4.500 habitantes, adormecem e despertam na mais tranquila serenidade, sem os atropelamentos das grandes cidades. Tendo como proteção as encostas da enorme Serra do Caraça, poderosa e majestosa, tem como padroeiria N. Sra. da Coceição, todo dia 08 de dezembro é festejada tradicionalmente.

Visinha de Cocais, Barão de Cocais, Santa Bárbara, Ouro Petro e Mariana, tendo em seu território o Caraça, monumental e belo, abrigando histórias e mistérios.

Catas Altas, cidade encantadora e acanhada, cheia de tradições e lirismo, povo hospitalerio e afavel, conserva casarões de muitas janelas e enormes portas. A Matriz de N. Sra. da Conceição é extasiante de enorme beleza e grande importância artística. O adro da Matriz conserva ainda o velho calçamento executado pelo então vereador da época o importante Coronel da guarda Nacional Sr. Felício Alves da Silva, habitante da região, morador da antiga Fazenda Agostinho da Leruz, ponto certo para os tropeiros e viajantes que vinham do Rio de Janeiro passando por Ouro Preto até Diamantina.

A Capela de Santa Quitéria (N. Sra. do Carmo) - o mais singelo e autêntico "cartão postal" de Catas Altas, fica no alto de uma colina, com os fundos voltados para os contrafortes dos exuberantes picos de Catas Altas e do Baiano, que a emolduram de qualquer ângulo de visada. Sua construção, também datada do século XVIII, foi edificada em taipa, com torre central única e adro de pavimento em pedras.

O Bicame de Pedras, aqueduto construído com o objetivo de conduzir a água da serra do Caraça até Brumado, hoje Brumal, tem atualmente, cerca de 200m, apresentando ao centro um posrtal com a data da construção (1972).
Matriz N. Sra. da Conceição, obra magistral que chama a atenção principalmente pelo estilo das torres terminadas em pirâmide curvilínea, teve iniciada sua construção ainda na primeira década do século XVIII. Posssui elementos raros da arquitetura mineira nos quais se distiguem as várias fases do barroco.

 

Fonte: Folder  - Pefeitura Municipal de Catas Altas
 
Hoje Catas Altas abriga sua dileta filha a Artista Plastíca Letícia Uchôa, neta do Sr. Feliciano Alves, que depois de haver presenteado Catas Altas com seu trabalho e dedicação aravés de incentivos culturais federais e patrocínio de empresas mineradoras locais. Atua agora como pequena empresaria, possui em Catas Altas na Rua São Miguel 299, tel: (31)3832-7123, uma pequena pousada, aconchegante, decorada com esmero e bom gosto, belo jardim onde exibe peças de arte, esculturas e adereços artítiscos, muretas de pedras, jabuticabeiras frondosas, pequena oficina, atelie e loja de artesanato, onde ela e M. da Coceição sua irmã que é artesã espõe seus trabalhos.