A Vila de Cocais, não se destaca nesse circuito, somente pelas suas belezas naturais e importância histórica, mas também pela fama que adquiriu desde adquiriu desde os tempos coloniais, de ser um celeiro agropecuário e riquezas minerais. 
São 18 municípios que compõe esse circuito divididos em cidades, vilas e lugarejos Barão de cocais em especial a Vila de Cocais, Belo Vale, Bom Jesus do Amparo, Caeté, Catas Altas, Congonhas, Itabira, Itabirito, Mariana, Nova Lima, Ouro Branco,Ouro Preto,Raposos, Rio Acima,Sabará,Santa Bárbara,Santa Luzia,São Gonçalo do Rio Abaixo.

O asfalto liga todas as regiões,mas podem aventurar por estradas de terras. A Secretaria de Turismo do Estado de Minas Gerais, traz em um folheto cada esquina sussurra a liberdade das 18 cidades desse importante destino turístico. O ciclo do Ouro foi o mais rico período da História do Século XVIII.O Metal revolucionou o mundo.
Em todos os municípios o patrimônio arquitetônico é testemunha desse passado histórico cultural e a natureza oferece beleza que precisam ser conhecidas e preservadas.